A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

Walk&Talk 2021

Julho 23 @ 19:00 - Julho 24 @ 17:30

walk&talk 2021

Em 2021, o “Walk&Talk” – Festival de Artes dos Açores volta a São Miguel para a sua 10ª. edição de 15 a 24 de Julho, em formato físico e adaptado ao exercício de encontros na nova realidade.

Sob a afirmação “Será por onde formos”, o “Walk&Talk” 2021 decorre ao longo de 10 dias, destacando-se o explorar de dimensões de circulação, tempo e encontro e a sua influência na construção de percepções, códigos, movimentos e novas ecologias e comunalidades, com um programa organizado em torno de excursões diárias que se ancoram em exposições, instalações, performances, conversas e comensalidade, para criar caminhos de experiência colectiva da arte.

O festival conta com mais de 20 artistas e colectivos que apresentam projectos “inéditos”, resultado de residências artísticas desenvolvidas nos Açores, entre 2018/2021, e que se ligam e articulam pelas dinâmicas partilhadas ao longo do processo e tempo de trabalho. Esta edição tem como ponto de partida a vaga – espaço de arte e conhecimento, nova sede da “Anda&Fala” passando por vários equipamentos parceiros como o Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas ou o Teatro Micaelense, e estendendo-se a outras zonas da ilha, como os Mosteiros, Ribeira Grande ou Água de Pau.

A equipa curatorial é formada por Jesse James e Sofia Carolina Botelho (Direcção Artística W&T) e a curadora convidada, Ana Cristina Cachola e confirmam-se apresentações de Abbas Akhavan, Alex Farrar, Alice dos Reis, Catarina Miranda, Danny Bracken, Diogo Lima, Flávio Rodrigues, Gustavo Ciríaco, “Ilhas”, Joana Franco, João Pedro Vale & Nuno Alexandre Ferreira, Luís Senra, Luísa Salvador, Mané Pacheco, Margarida Fragueiro, Miguel Flor, Nadia Belerique, Pedro Maia & Lucy Railton, Sofia Caetano e “Tropa Macaca”.

Reafirma-se a continuidade do Programa de Conhecimento enquanto elemento substancial e agregador do festival através da “Summer School W&T” e outras acções de mediação, e arrancam também as residências artísticas no âmbito da próxima edição, em 2022.

 

Programa:

23 de Julho
Das 19 às 16:30 h – #9 Excursão à invenção da tradição | Partida: Vaga.

Por entre comidas, ofícios e saberes locais, partir-se-á para questionar as dimensões actuais da tradição, a sua origem e narrativa, desde a apropriação à criação de identidade. Ancorados nos projectos dos artistas Alex Farrar e Danny Bracken, explorar-se-á o território “made in Açores” de Vila Franca do Campo às Capelas e, entre outras coisas típicas, pôr as mãos na massa.

Guia-especialista: Susana Goulart Costa

Recomenda-se levar fato-de-banho e toalha.
Custo: 15 € (inclui almoço).
Adquire os bilhetes, aqui!
21:30 h – Cinema: Os Últimos dias de Emanuel Raposo, de Diogo Lima | Teatro Micaelense.
OS ÚLTIMOS DIAS DE EMANUEL RAPOSO é um mockumentary sobre um apresentador mítico da televisão pública açoriana em inícios dos anos 90. Nas gravações do último episódio do programa que marca a sua despedida do pequeno ecrã, uma semana de trabalho turbulenta coloca Emanuel Raposo em rota de colisão com colegas de trabalho e em confronto com a aproximação do fim da sua carreira.

24 de Julho

Das 9 às 17:00 h – Maratona “We Are Running Out of Time” | Sete Cidades – Relva.

Catarina Vasconcelos e Margarida Rêgo, são o Ilhas Studio, que desenvolvem trabalho gráfico e editorial. Para esta edição apresentam We are running out of Time, uma maratona que atravessa a ilha de São Miguel, e na qual toda a gente pode participar. É uma maratona de urgência que une a corrida às reivindicações, lutas e causas de todas e todos aqueles que dela fizerem parte.

O corpo de cada participante será um suporte visual, que carrega uma peça gráfica desenhada pelas ilhas estúdio através das frases e causas submetidas no acto da inscrição da maratona. Várias vozes em corrida contra o tempo para lutar pela igualdade de género, contra a homofobia, contra a transfobia, contra o racismo. É uma caminhada colectiva por um mundo mais sustentável, sem guerra, sem fome e sem violência doméstica.

Ao longo do percurso haverão 4 pontos de entrada (42km, 21km, 8km e 3km) permitindo vários níveis de intensidade e participação. Nestes pontos, em homenagem ao espírito da maratona, ocorrerá a passagem simbólica de um testemunho.

Este projecto defende a interseccionalidade como forma de olhar para o mundo, onde a arte, o desporto e a cidadania se encontram para gerar espaço de encontro e diálogo.

Haverá 3 prémios para os três géneros que participarem (masculino, feminino e não binário). O mesmo para participantes com deficiência.

Inscreve-te, aqui!

 

Das 10 às 17:30 h – #10 Excursão ao território tecnológico | Partida: Junta de Freguesia de São Pedro.

Esta excursão vai debruçar-se sobre propósitos comuns que unem verdadeiros desconhecidos. Partir-se-á da maratona proposta pelo ilhas studio, uma corrida manifesto, para visitar infra-estruturas que fazem parte dos nossos dias mas que, aparentemente, pousam na ilha de modo arbitrário. Questionar-se-á a sua estranheza na paisagem e compreender como nos unem – ou nos uniram, como foi o caso da Estação Terrena de Satélites. Até porque as eólicas nos Graminhais são “iguais” às eólicas no Brasil.

Guia-especialista: Inês Vieira Rodrigues

Custo: 15 € (inclui almoço).

Adquire os bilhetes, aqui!

 

Mais eventos na ilha de São Miguel, aqui!

Partilhe

Detalhes

Início:
Julho 23 @ 19:00
Fim:
Julho 24 @ 17:30
Categorias de Evento:
, , ,
Etiquetas de Evento:
, , , ,

Local

Ilha de São Miguel