A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

Festival +Jazz 2022

Maio 27 @ 21:30 - Maio 28 @ 23:30

10€ – 20€
Festival +Jazz 2022

O Festival +Jazz 2022 será nos dias 27 e 28 de Maio no Teatro Angrense, às 21:30h. Conhece aqui os artistas participantes deste ano!

 

Programa:

 

27 de Maio – 293 Diagonal.

Criam um intervalo espontâneo, sensível ao detalhe acústico dos seus instrumentos.
Transversal à sua relação, o som molda-se arbitrariamente enquanto expõem as particularidades, semelhanças e diferenças de cada um.
Através de uma abordagem pouco convencional querem criar imagens com ideias geométricas e canções de mãos dadas com a sua narrativa.
Dão espaço ao desconforto na exploração do som e a sua origem, com a intenção de desafiar as vulnerabilidades que a formação atípica apresenta.
Joana Raquel (voz) e Daniel Sousa (saxofone).

Gil Silva apresenta Árvore.

Árvore é o novo projecto liderado pelo trombonista Gil Silva. Gil Silva é um músico valioso da nova geração do jazz nacional. Este talentoso e virtuoso trombonista junta neste projecto aqui em estreia, novos valores como o saxofonista Daniel Sousa, o pianista Miguel Meirinhos, a contrabaixista Yudit Vidal e o baterista Gonçalo Ribeiro. Com esta receita que junta a música de Gil Silva e a improvisação a este valioso leque de músicos, os resultados serão certamente positivos e a promessa de um memorável bom concerto paira no ar, como a copa de uma árvore de grande porte.
Nas palavras do próprio Gil Silva:
“Uma árvore tem raízes, entranhadas na terra.
Algumas são mais curtas, frágeis e podem até desaparecer. Outras, mais compridas, fortes e firmes, que viverão para sempre. Estas, por sua vez, unem forças e fundem-se num robusto tronco.
Assim, a grande árvore possui esta característica sólida. Imóvel, estável, inderrubável. Grave e austera. A árvore possui, em simultâneo, folhas.
As folhas, ao contrário do tronco e das raízes, são frágeis, leves, e livres. Podem voar para longe ou permanecer junto às suas. Diversos são os potenciais destinos e trajectórias.
Assim, na grande árvore existe também leveza, delicadeza, beleza e flexibilidade. A árvore é sábia, e possui um inerente e silencioso equilíbrio.
Afinal as raízes estendem-se até às folhas.”
Gil Silva – Trombone
Daniel Sousa – Saxofone
Miguel Meirinhos – Piano
Yudit Vidal – Contrabaixo
Gonçalo Ribeiro – Bateria

Adquire o bilhete para este dia, online, aqui!

 

28 de Maio – AP Quarteto apresenta Nu.

“Nu”, recente edição do Carimbo Porta-Jazz é o novo trabalho de Ap. O guitarrista e compositor, é já um valor seguro e estabelecido no meio do jazz nacional. Com música escrita e gravada para formações grandes como no caso do Coreto Porta-Jazz e o seu álbum Mergulho, ou incursões por formações mais pequenas como o seu “Incerteza do trio certo”, também editado pelo Carimbo Porta-jazz. Ap apresenta-se aqui com o seu novo quarteto numa experiência musical que entre outras coisas explora a simplicidade melódica, ambientes e texturas contrastantes, o groove e a improvisação livre, numa demanda musical que visa sempre alcançar a frescura e a imprevisibilidade.
AP- guitarra e composição
José Diogo Martins – piano
Gonçalo Sarmento – baixo eléctrico e contrabaixo
Gonçalo Ribeiro – bateria

Joana Raquel e Miguel Meirinhos apresentam Ninhos

Ninhos é o nome do disco que a cantora Joana Raquel e o pianista Miguel Meirinhos apresentaram durante o 12º festival Porta-Jazz. Este lançamento Carimbo Porta-Jazz que aconteceu integrado no festival é assim o fruto do primeiro trabalho assinado por estes dois jovens e talentosos músicos que se vão revelando cada vez mais um exemplo das novas referências musicais da cidade do Porto.
Neste seu primeiro disco, Joana Raquel, cantora com presença recorrente em projectos emblemáticos e lapidares de uma nova geração do jazz nacional como o duo de voz e saxofone 293-Diagonal ou em incursões pelo mundo do Hip Hop ao lado de “Capicua” e Miguel Meirinhos, talentoso e original pianista presente ora em projectos desta fervilhante nova geração ora ao lado do veterano e icónico Mário Barreiros e o seu quarteto, convidam o incontornável e omnipresente contrabaixista Demian Cabaud e o talentoso baterista João Cardita para juntos trabalharem e soltarem para o mundo as suas composições e letras originais.
Nas palavras de Joana Raquel, “Acordámos num lugar livre. Livre das cordas com que nós próprios nos amarrámos. Acordámos num local amplo, diferente daquele onde adormecemos. Livres da própria redoma, respiramos infinitamente, sem que o oxigénio se esgote.”
Desta vez com a contrabaixista espanhola Yudit Vidal ao lado de João Cardita, “Ninhos” de Joana Raquel e Miguel Meirinhos vê aqui a sua estreia no mágico arquipélago dos Açores.
Joana Raquel – voz, letras e composição
Miguel Meirinhos – piano e composição
Yudit Vidal – contrabaixo
João Cardita – bateria

Adquire o bilhete para este dia, online, aqui!

Mais eventos na ilha Terceira, aqui!

Partilhe

Detalhes

Início:
Maio 27 @ 21:30
Fim:
Maio 28 @ 23:30
Custo:
10€ – 20€
Categorias de Evento:
,
Etiquetas de Evento:
, , , , , , , , ,

Local

Terceira – Teatro Angrense
Rua da Esperança, 48-52
Angra do Heroísmo, 9700-073
+ Mapa do Google
Telefone:
295 628 721