Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Teatro: Autobiografia Autorizada com Paulo Betti (CANCELADO)

março 27 @ 21:30 - 23:00

autobiografia autorizada

A peça de teatro Autobiografia Autorizada, com Paulo Betti, terá lugar no dia 27 de março, às 21:30 h, no Auditório do Ramo Grande.

 

Na comemoração de seus 40 anos de carreira e dezenas de personagens, como Timóteo de “Tieta do Agreste” e Théo de “Império” em novelas da TV Globo, Paulo Betti traz um relato de seu trajeto numa incrível viagem onde humor, dor e superação nos levam do riso à lágrima no canto do olho neste íntimo e delicioso espetáculo que traz aos palcos portugueses, Autobiografia Autorizada.

 

Ficha Técnica

Texto e Interpretação: Paulo Betti
Direção: Paulo Betti e Rafael Ponzi
Cenário: Mana Bernardes
Figurinos: Leticia Ponzi
Iluminação: Dani Sanchez, Luis Paulo Neném
Direção de Movimento: Miriam Weitzman
Programação Visual: Mana Bernardes
Fotografia: Mauro Khouri
Assistente de Direção: Juliana Betti
Assessoria de Imprensa: Positive Binary
Produção Brasil: Mulher de 50 Pode / Splendore
Produção Portugal Casa da Língua Portuguesa

 

Paulo Sérgio Betti (Rafard, 8 de setembro de 1952) é um ator, autor e diretor brasileiro. Já contabiliza mais de 40 peças de teatro, tendo dirigido 12 delas.

Interpretou uma de suas personagens mais marcantes do cinema, em Zuzu Angel. Também interpretou outra personagem histórica, o Visconde de Mauá, Irineu Evangelista de Sousa, no filme Mauá: o imperador e o rei. Apresentou o programa Novos Nomes em Cena, no Canal Brasil, onde entrevistava jovens atores brasileiros. Também produziu, criou o argumento e dirigiu o filme Cafundó, estreado em 2005, onde faz uma pequena participação como romeiro.

Cafundó ganhou prémios no Brasil (como no Festival de Cinema de Gramado) e teve carreira internacional em países como Itália, Estados Unidos e Burkina Faso. Uma falsa polémica envolvendo Cafundó está no processo movido pelos escritores Adolfo Frioli e Carlos de Campos acusando Betti de ter utilizado um livro de sua autoria de forma não autorizada na composição do roteiro do filme, embora o próprio Paulo tenha participado da construção do livro – do qual escreveu o próprio prefácio.

Em 2007, atuou na telenovela Sete Pecados, em que viveu Flávio, um arqueólogo milionário e pai da mimada Beatriz Priscila Fantin. No Teatro, atuou em peças como: O Doente Imaginário, de MolièreO Processo, de Franz KafkaBoca de Ouro, de Nelson RodriguesViagem a Forli, de Mauro RasiO Inimigo do Povo, de Henrik IbsenO Homem que viu o Disco Voador, de Flávio Márcio; Como Aprendi a Dirigir um Carro, de Paula Vogel e Do Fundo do Lago Escuro, com texto e direção de Domingos Oliveira

Em 2014, interpretou o vilão cómico Téo Pereira, um blogueiro em Império (telenovela) a novela de Aguinaldo Silva.Em 2015, comemorando 40 anos de carreira, o ator estreou o monólogo Autobiografia Autorizada, escrita por ele. Na peça, ele conta a história desde sua infância no interior de São Paulo até o ingresso na Escola de Arte Dramática. Em 2017 estreou em Festivais de Cinema a sua segunda longa-metragem como diretor: A Fera na Selva. O filme foi inteiramente rodado na região de Sorocaba e conta com a codireção de Eliane Giardini e Lauro Escorel.

 

Foto: DR

 

Fica a par de mais eventos na Terceira, clicando aqui!

Partilhe

Detalhes

Data:
março 27
Hora:
21:30 - 23:00
Categorias de Evento:
,
Evento Tags:
, , ,

Local

Terceira – Auditório do Ramo Grande
Rua Serpa Pinto, 62
Praia da Vitória, 9760-545
+ Google Map
Fechar Menu