A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

As Moedas Islâmicas

Maio 20 @ 21:00 - 22:00

Continuando a apresentação sistemática da coleção de moedas que lhe foi doada, o Museu de Angra do Heroísmo inaugura na próxima sexta-feira, 20 de Maio, a terceira exposição da série A doação do professor Luís Filipe Thomaz, cuja inauguração, a decorrer pelas 21h00, será complementada por uma comunicação do coleccionador.

Depois de Nove séculos de amoedação portuguesa, a que se seguiu Numária da China e das suas dependências culturais, é apresentada uma mostra subordinada ao tema Moedas Bíblicas e do Próximo Oriente que tem origem numa pequena colecção de um médico francês que foi director de um hospital em Jerusalém, c. 1950.  Esta compreende moedas cunhadas pelos vários poderes que sucessivamente dominaram a Palestina, a começar no Império Persa, que foi o primeiro grande império da História a cunhar moeda metálica, moedas dos reinos helenísticos dos Lágidas e dos Selêucidas e moedas cunhadas localmente pelas dinastias judaicas dos Hasmoneus (140-37 A. C.), fundada por Simão Macabeu, e dos Herodianos que, sob protectorado romano, reinaram de 47 A. C. até à morte de Herodes Agripa II no ano 100 da nossa era.

Integram o mesmo núcleo cunhagens feitas em nome dos imperadores romanos pelos Procuradores da Judeia, com Pôncio Pilatos, Pórcio Festo, etc., e por diversas municipalidades da zona (que conservaram até ao advento de Diocleciano, em 284, o direito de bater moeda). As moedas mais raras deste núcleo são as cunhagens judaicas, ostensivamente anti-romanas, feitas durante as revoltas de 66-70 (que conduziria à ocupação de Jerusalém e à destruição do Templo) e de 132-135 (revolta de Bar Kokhba).

Um outro núcleo é constituído por cunhagens dos imperadores bizantinos, da divisão do Império Romano em dois, à morte de Teodósio em 395 e à queda de Constantinopla em poder dos turcos em 1453. Há ainda a considerar um terceiro, constituído por numismas do reino arménio da Cilícia (1198-1375) e um quarto por cunhagens do reino etíope de Axum (c. 270-631) — o único território africano a dispor de moeda própria antes dos portugueses começarem, na época da Restauração, a cunhar moedas para Angola.

Completam a mostra uma série de cunhagens muçulmanas da Idade Média, copiadas de numismas bizantinos, e a sua contrapartida cristã: moedas da Península Ibérica, da Sicília, da Península Balcânica e até do grão-ducado de Moscovo, inspiradas em modelos muçulmanos. Estes curiosos tipos híbridos ilustram o que poderia ser o leitmotif da colecção: “a moeda através das culturas, a História através das moedas”.

Mais eventos na ilha Terceira, aqui!

Partilhe

Detalhes

Data:
Maio 20
Hora:
21:00 - 22:00
Categorias de Evento:
,
Etiquetas de Evento:
, , , , , ,

Local

Terceira – Museu de Angra do Heroísmo
Ladeira de São Francisco
Angra do Heroísmo, 9701-875
+ Mapa do Google
Telefone:
295 240 800