A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

Além da escrita… As tintas: como se escrevia no passado

Maio 30 @ 18:00 - 19:30

A Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro promove a palestra “Além da escrita… As tintas: como se escrevia no passado”, no dia 30 de Maio pelas 18h00.

Sob a orientação de Anahí Meyer Riera e João Félix, será abordada a escrita como gesto físico que consiste em traçar signos ou grafias, que são constituídas por meio da uma matéria gráfica: a tinta. Esta é uma substância mais ou menos fluida e apta para escrever, imprimir ou dar cor, constituindo assim um elemento fundamental para registar as ideias e o percurso do Homem no tempo.

O objectivo desta palestra é reflectir sobre o estudo físico e químico, da composição e do uso das tintas na história, destacando a sua importância como elemento construtor da memória escrita que eterniza o passado. Centrar-se-á na composição das tintas, os tipos de tintas e o seu uso na história, focando especial relevância às tintas de carvão e ferrogálicas, por serem as mais utilizadas na história da escrita. Por se tratar de um tema muito extenso, focar-se-á na escrita caligráfica, sendo apenas levemente mencionadas as tintas impressas, que surgem com o aparecimento da imprensa.

 

Notas Biográficas:

Anahí Meyer Riera

Nascida em Palma de Maiorca (Espanha). Licenciada em História da Arte pela Universidade das Ilhas Baleares; graduada como Técnica Superior de Conservação e Restauro na Escola Superior de Conservação e Restauro de Bens Culturais da Catalunha, e Mestre com menção honorífica em Preservação da Arte Contemporânea, na especialidade de obra sobre papel, pela Universidade Complutense de Madrid.

Dedicada à preservação do património cultural, tem desenvolvido projectos em diversos países do continente europeu e americano, sendo que, desde 2011, se dedica principalmente à conservação de papel e do livro antigo.

De entre os seus últimos trabalhos, destaca-se a coordenação do Centro de Conservação e Restauro do Arquivo Histórico de Yucatán, e o cargo de responsável de conservação e restauro da Comissão de Arte Sacra da Arquidiocese de Yucatán, ambos no México.

Recentemente, colaborou na Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro, trabalhando na Oficina de Conservação e Restauro. Actualmente, é doutoranda da Universidade dos Açores, e bolseira do Fundo Regional da Ciência e Tecnologia.

João Félix Lima da Silva

João Félix é natural da ilha Terceira, onde nasceu em 1990. Neto do poeta Emanuel Félix, de quem recebeu um grande entusiasmo pela literatura, frequentou o curso de Línguas, Literaturas e Culturas, variante de Estudos Ingleses e Franceses, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Após a licenciatura, em 2013, começou a trabalhar como estagiário na Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Angra do Heroísmo, hoje Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro, na qual exerce funções como técnico superior na Divisão de Arquivo da mesma instituição.

 

Imagem meramente ilustrativa: DR

Mais eventos na ilha Terceira, aqui!

Partilhe

Detalhes

Data:
Maio 30
Hora:
18:00 - 19:30
Categorias de Evento:
, ,
Etiquetas de Evento:
, , ,

Local

Terceira – Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro
Rua do Morrão, 42
Angra do Heroísmo, 9700-054
+ Mapa do Google
Telefone:
295 401 000